BARÇA LÍDER, ETO'O ARTILHEIRO

                Eto'o fez quatro dos seis gols do Barça no sábado<br />
SAMUEL ETO’O, 27 anos, é o melhor centroavante do mundo há muito tempo, finalmente tornou-se a grande estrela do BARÇA: de coadjuvante de luxo a protagonista, foram várias temporadas tendo que dar uma de escudeiro. Ele está com 13 gols em LA LIGA, quatro à frente dos excelentes DAVID VILLA (do ex-‘líder VALENCIA) e do jovem argentino GONZALO HIGUAÍN (do vice líder e arqui-rival REAL MADRID), ambos com nove tentos cada.

Ontem ele marcou QUATRO GOLS em uma mesma partida, na sumanta de 6×0 sobre o pobrezinho do REAL VALLADOLID. E aquele que é MÉS QUE UN CLUB assume a ponta com 25 pontos ganhos em 10 jogos, com um ataque avassalador de 34 gols a favor (oito a mais do que “O” oponente de sempre) e uma defesa tranqüila, que sofreu apenas oito golos, junto com VILLARREAL e SEVILLA.

Desde já, é de bom tom meter caixas nos times chamados REAL – só pra acostumar na hora do pega pra capar…

, , , , , , , , , , ,

Powered by ScribeFire.

POR QUE LUXA NUNCA TRABALHOU NO SÃO PAULO?

E por que ele talvez não consiga mais voltar a treinar um grande clube de um grande centro europeu:
clipped from globoesporte.globo.com
…Até o quadro de funcionários que forma a comissão técnica de Muricy Ramalho é fixo. O treinador só trouxe ao São Paulo um homem de confiança: Tata, seu auxiliar. Os outros integrantes têm vínculo com o clube e permanecem mesmo que haja troca de treinador, o que não vai acontecer para 2009. Muricy está garantido.

– Aqui o técnico só tem um auxiliar de confiança, os demais membros da comissão técnica fazem parte do clube. Muricy tem mais um ano de contrato e não há qualquer manifestação para que ele saia – completa o dirigente.

blog it

GRÊMIO: FALTA QUALIDADE + COJONES

Psicologia profissional de qualidade, recursos humanos capacitados para entrevistar jogadores não apenas pelo que eles fazem tecnicamente ou pelo seu currículo de títulos mas, acima de qualquer outro critério, pelo seu equilíbrio emocional aliado a um senso de liderança e espírito de indignação com eles mesmos: não tenho a menor dúvida de que o GRÊMIO de 2007 era melhor do que o de 2008 e de que o de 2006 era bem melhor do que o de 2008 e o de 2007.
clipped from colunas.globoesporte.com
Os jogadores também acreditam, mas por uma questão quase contratual. A grande questão é o QUANTO eles acreditam e o QUANTO eles tem noção do QUANTO que esta crença é importante para os Gremistas fora das paredes do cárcere. Será que em meio à sinuca, videogames, ipods, livros de auto-ajuda ou marias-chuteira online, há tempo para perder o sono ou se preocupar 24 horas por dia com o problema de quem CERTAMENTE estará no Olímpico ano que vem, seja qual for a competição a ser disputada, acreditando sempre, mesmo que da boca para dentro?
queremos ACREDITAR que sim. Mais que isso, nesta reta final queremos VER essa crença materializada em atitude, correria, indignação consigo próprio, pressão nos 90 minutos, costas esfoladas de buscar bolas impossíveis, cãibras, nada de fôlego para entrevistas no final e amor à causa (nem estamos pedindo que seja à camisa). Pois nos mostrem, não apenas digam. Afinal foram vocês mesmos que nos fizeram ACREDITAR no impossível que era este título.
blog it

GRÊMIO: COM SORTE, A LIBERTADORES

Agência Estado

Conforme havia cansado de alertar para amigos mas não aqui no blog, o GRÊMIO, caso perdesse a liderança nas últimas sete ou oito rodadas do BRASILEIRÃO 2008, perderia o título nacional de uma vez por todas nesta temporada. Em caso de tropeço em casa e de atuações vergonhosas contra adversários diretos fora, a hipótese infelizmente tenderia a confirmar-se.

O que eu sempre disse aqui? Recapitulemos:

1) CELSO ROTH nunca foi o técnico dos sonhos de ninguém. Porém, com um pouco de capacidade de abstração, poder-se-ia perceber, tentando esforçar-se para enxergar o TRICOLOR DOS PAMPAS sem olhos passionais, que entramos no BRASILEIRÃO para não sermos rebaixados e, até começarmos a sofrer com lesões e suspensões (independentemente dos erros das arbitragens, time que não sabe marcar com inteligência acaba cometendo faltas em excesso e, conseqüentemente, os cartões proliferam), a prática estava provando que, embora jamais saibamos como o time se comportaria nas mãos de VAGNER MANCINI, o segundo provou ser um técnico FACEIRO – tanto é que o VITÓRIA, clube cujo plantel considero PARELHO com o do GRÊMIO, terminou na zona da SUL-AMERICANA mesmo tendo um lateral-direito muito bom, um volante de qualidade no passe e um centroavante bem mais eficiente do que os nossos;

2) Sem WILLIAN MAGRÃO e RAFAEL CARIOCA, o meio-campo do GRÊMIO NUNCA EXISTIU: mesmo que o primeiro errasse passes em profusão, ao menos tem estatura e vitalidade e não joga plantado nas imediações do círculo central. O segundo, sim, é extra-classe e sempre faz falta;

3) NUNCA TIVEMOS UM LATERAL QUE PRESTE EM 2008: todos são ruins na marcação e no apoio. Contra isso, não há técnico capaz de impor um estilo ou um discurso: FALTOU MATERIAL HUMANO – culpa mais da direção do que do técnico;

4) NENHUM atacante do GRÊMIO foi regular e eficiente no maior número de partidas que cada um disputou: problemas de posicionamento, de técnica e, acima de tudo, de inteligência e de auto-confiança minaram o nosso ataque, que foi tão bom enquanto o time não sofreu com o excesso de suspensões;

5) TCHECO é idolatrado pela GERAL, mas é um jogador mentalmente fraco para servir de exemplo como capitão: afinal de contas, falta-lhe vitalidade e sobra-lhe intempestividade. Um líder deve deixar o time TRANQÜILO dentro de campo e não o contrário;

6) FUTEBOL SÓ SE FAZ COM DINHEIRO: sem dinheiro, não adianta reclamar dos paulistas, da COBRAF, do STJD, da CBF, do técnico ou do plantel como se fôssemos coitados ou como se fosse impossível ganhar da “máquina”;

7) Se CELSO ROTH sonegou impostos ou se o sonho do superintendente da POLÍCIA FEDERAL no RS é ser presidente do tradicional adversário;  se a diretoria foi conivente ou não com os cupinchas da MÁFIA DO DETRAN infiltrados no clube; se houve eleição presidencial em um período delicado no qual poderíamos ter consolidado a possibilidade de título até o final do certame… NADA DISSO IMPORTA, pois são fatores extra-campo que deveriam ter sido relegados a um segundo plano tão logo tenham emergido da mídia.

Diante de todos os sete ítens explicativos acima, declaro que CELSO ROTH FEZ MÁGICA COM ESSE PLANTEL e que nem FELIPÃO faria desse time campeão.

O negócio é contratar com critério jogadores mais experientes e velozes para 2009.

Porém, antes disso, temos a árdua disputa pela última vaga para a LIBERTADORES 2009, que será muito mais difícil do que se imaginava até uma ou duas rodadas atrás.

PARABÉNS AO SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE, O PRIMEIRO TRICAMPEÃO BRASILEIRO DA HISTÓRIA.

4-5-1 CONTRA O CRUZEIRO

clipped from globoesporte.globo.com
Roth demonstrou preocupação com o atual desempenho
do Grêmio. Pela primeira vez durante todo o Brasileirão, o
treinador abandonou o 3-5-2 para começar jogando com o 4-4-2 na
quinta-feira diante do Sport. Apesar da vitória por 1 a 0, o
novo esquema não agradou. Abre-se, agora, a possibilidade do
4-5-1 ser utilizado para enfrentar os mineiros.
  blog it
“Peço desculpas” aos corneteiros.

Primeiro, porque eu morro abraçado com CELSO ROTH nesta temporada, aconteça o que acontecer.

Segundo, porque ele mencionou adotar o esquema 4-5-1 que eu sugeri como provável ponto de equilíbrio para esta reta final do BRASILEIRÃO 2008 rumo ao TRI.

Terceiro, porque só dá pra fazer isso quando alguém se dá o trabalho de observar sem raiva nem desespero a mecânica de jogo da equipe jogo após jogo. Só perdi um jogo em casa em 2008, contra o Sapucaiense pelo Ruralito.

Mesmo assim, cada jogo reserva uma série de surpresas. É por isso que o futebol é o que é.